Playblog

Playblog

por Luan Flávio Freires e Nathan Fernandes

As histórias, as entrevistas e as mulheres que fizeram de Playboy um estilo de vida



A Coelhinha exótica do PLAYBOY Club de Londres

LipsPLAYBOY

Quem andasse pelo cassino do PLAYBOY Clube de Londres no ano de 1969 podia apostar todas as fichas na mesa de Patricia Quinn. Naquela época, a irlandesa de cabelos revoltos era apenas uma estudante de artes cênicas do Drama Centre que ocupava seu tempo livre como dealer de black jack (ou vinte e um) nas mesas do Club. Entre as peças que fazia, estava o musical The Rocky Horror Picture Show.


Um garoto chamado Shel

shel-silverstein

Shel Silverstein foi um dos ilustradores mais importantes de sua geração.Mas bem antes de ter se tornado esse celebrado artista, ele foi contratado pelo conterrâneo Hugh Hefner para ser colaborador de PLAYBOY. Era o começo de uma das parcerias mais marcantes da história da publicação.


Geração Beat e o espírito de PLAYBOY

BeatIlustraaaa

Quem só assistiu ao filme Na Estrada, de Walter Salles, pode nem ter ideia de que o livro que deu origem ao longa é considerado a bíblia de um movimento que chacoalhou os EUA no final da década de 1950. Mas quem leu On the Road, de Jack Kerouac, sabe da importância que a geração do escritor teve para acabar com o tédio daquela época. Logo, não foi à toa que os beatniks se deram bem com o espírito libertário de PLAYBOY.


Peter Sellers está nu

peter-sellers

Em outubro de 1962, o ator britânico Peter Sellers recebeu a PLAYBOY nos estúdios Shepperton, em Londres, para uma conversa de quatro horas. E ali, aos 36 anos, o ator, sempre uma figura misteriosa e avessa aos holofotes, permitiu-se conceder raras e francas declarações sobre a maneira como ele via a vida e, principalmente, como ele via a si mesmo.


Miles Davis e o nascimento do cool na PLAYBOY

davis

Se os ensaios de Playboy são compostos por mulheres que perturbam a mente e outras partes do corpo de qualquer homem (ou mulher de bom gosto), a Entrevista serve para lembrar que a vida não é feita só de lindas mulheres nuas em poses provocantes se insinuando para nós. Acompanhe a história do primeiro Entrevistão de PLAYBOY, com o trompetista de jazz Miles Davis.


Marilyn Monroe bota fogo na PLAYBOY

monroe2

A primeira PLAYBOY da história, lançada nos EUA, no verão de 1953, não veio com uma mulher na capa. Mas sim com um furacão sexual que ainda destrói corações 51 anos depois de sua morte. A escolha para estampar o investimento de Hugh Hefner não poderia ter sido melhor do que Marilyn Monroe.


Prazer, Playblog

Hef

A PLAYBOY é uma revista de mulher pelada. Mas também é muita coisa além disso. Afinal, lutar pela liberdade sexual, pela emancipação feminina, pelos direitos civis dos negros e pelo direito do casamento gay não é coisa de quem está (só) pensando em seios empinados, coxas torneadas e, enfim…


Nossa repórter visita a cidade francesa que é o paraíso do suíngue

Por Camila Gomes Neste verão resolvi fazer algo diferente. Passei alguns dias em Cap D´agde, um balneário no sul da França conhecido como “a Disneylândia do nudismo” e destino preferido dos adeptos da troca de casais. Os habitantes da maior vila naturista da Europa costumam andar nus boa parte do tempo. Não só a praia é naturista, mas sim a vila inteira, por isso é possível ver pessoas peladas em atividades banais: escolhendo legumes no supermercado, anadando de bicicleta, lavando o carro ou disputando uma partida de futebol (com ambos os times sendo os “sem camisa”). Com milhares de turistas… leia mais »


A noite em que Wando me despertou

Nossa repórter relembra sua experiência na madrugada com Wando Por Camila Gomes Era uma madrugada de domingo, quase segunda-feira, em agosto de 2010. Eu já dormia profundamente quando tocou meu celular no criado-mudo. Olhei o número aceso na tela com o DDD 21, indicando que a ligação era do Rio. Atendi, apreensiva, e ouvi do outro lado da linha uma voz grossa e algo sexy: “Alô, Camila?! Aqui é Wando!”. Fazia quase duas semanas que eu tentava falar com o rei da música brego-erótica para conseguir dele três ou quatro indicações de canções para uma reportagem na edição de música… leia mais »


Qual foi a melhor capa de 2011?

Nós fizemos esta pergunta a nossos leitores pelo Facebook e, no melhor estilo mata-mata, selecionamos as mais votadas entres os quatro trimestres do ano e a votação final acontece em janeiro, com uma surpresa. Na sua opinião, qual a melhor capa deste ano? Confira fotos de Bárbara Evans, Andressa Ribeiro, Babi Rossi e Adriana Sant´Anna no nosso site.