“Terra semelhante ao paraíso, fértil e com águas boas”. Essa era a definição de Gomantak, nome utilizado para definir, nos primórdios da sociedade, o que hoje conhecemos como Goa. O estado mais rico da Índia concentra paisagens fantásticas, várias opções gastronômicas e diversão para todos os gostos. Esse é o ponto de partida do Destino PLAYBOY, que vai levá-lo aos lugares mais inusitados e quentes do planeta.

O local já foi uma das principais rotas comerciais do oriente, devido ao fácil acesso marítimo. Essa característica colocou Goa na mira de muitos povoados, até que tornou-se colônia portuguesa, entre 1553 e 1961. Durante os 408 anos de supremacia europeia, o estado sofreu forte influência de costumes portugueses, principalmente na arquitetura. Até hoje, é possível confundir algumas ruas com vilarejos da região de Porto, em Portugal.

A língua oficial de Goa, atualmente, é o hindi, um dialeto indo-ariano que, falada por 70% dos indianos. O português é presente em ruas, estabelecimentos e falado por algumas pessoas, moradores mais velhos da região. Já o inglês prevalece no setor de serviços, principalmente após o local entrar no radar de turistas.

Como chegar
Goa fica a 1 850 quilômetros de Nova Deli, a capital da Índia. Felizmente, por causa do poder econômico, o estado possui o único aeroporto fora da principal rota indiana que recebe voos internacionais. O aeroporto de Dabolim fica localizado na cidade de Vasco da Gama. Embora não seja a capital, esta é a principal cidade de Goa (mas não a mais interessante).

Atualmente, três companhias fazem a rota. O voo é cansativo, com duas paradas e cerca de 24h de duração. O custo de ida e volta fica em torno de 18 000 reais.

Onde ficar

Decidir em qual cidade se estabelecer em Goa varia muito do seu roteiro de passeios. Para quem busca paz e tranquilidade, uma boa opção é Candolim, uma vila com várias opções de resort. O Bougainvillea Guest House é o local mais procurado entre os turistas. O estabelecimento tenta passar a ideia de uma confortável e exclusiva casa de praia. Como são apenas oito quartos, conseguir uma reserva pode ser tarefa de um ano.

Caso sua ideia de férias peça animação, Calangute é mais indicado. Mais ao norte, é a cidade mais popular do estado, com diversos comércios na extensão da praia e, consequentemente, mais vida noturna. No meio de tanta agitação, o Pousada Tauma se destaca pelo luxo de suas acomodações. O ambiente lembra uma mansão construída em meio à selva, com muita vegetação, lagos e piscinas naturais. Outro local exclusivo, com apenas 12 acomodações, que necessita de muita antecedência para conseguir uma vaga.

O que fazer
O tour por Goa deve começar pela Basílica do Bom Jesus. Esse monumento histórico foi construído entre 1594 e 1605 e é considerado um Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. É a principal referência barroca da Índia e do cristianismo. A região de Panaji, na Velha Goa, é tem outros templos e igrejas, também dignos de visita. Um bom passeio para começar o dia.

Durante a tarde, a ideia é aproveitar as praias. Mais ao sul, Agonda ganha destaque por suas paisagens paradisíacas. A areia se mistura com a vegetação local, criando uma sensação de tranquilidade e distância da civilização.

Antes de cair na noite, aproveite para jantar no Jamies Place (que não tem nada a ver com o Jamie Oliver), em Calangute. O cardápio, especializado em grelhados, procura trazer o sabor apimentado à tona, típico da culinária indiana.

Após a refeição, o Club Cabana é a atração do momento na vida noturna de Goa. A casa noturna se aproveita do clima propício para fazer um mix de bar e night club, ao som de músicas do momento. As melhores festas ocorrem em volta de uma piscina, logo não é muito difícil ver uma gata de camiseta molhada.

As festas à beira da piscina do Club Cabana

Fique atento também à programação do PLAYBOY Club India. Eventualmente, eles organizam festas, clubes de praia e espaços para o homem tomar um bom café e apreciar charutos. Tudo com a bela vista de Goa e das Coelhinhas.