Ela chegou 45 minutos atrasada, com um vestido curtíssimo e acompanhada de nossas coelhinhas. Para divulgar a edição de abril da revista a ex-panicat escolheu a Josephine, uma balada em São Paulo.

A loira contou que foi rápida ao abrir o vestido no meio da avenida Paulista. “Não é todo dia que tiram a roupa na rua.  Eu tinha que render e fazer uma foto boa rápido. Nem olhei para os lados. Abri o vestido e fiquei nua mesmo”, diverte-se Aryane.

Sobre seu ex-chefe e a turma do Pânico, a ex-panicat disse que ficou chateada e que as afirmações de Emílio foram absurdas. “Ele dizer que eu não sou feminina é ridículo. Gente, olha pra minha cara!” diz Aryane, piscando seus olhos de boneca.

Durante a coletiva, Aryane pagou peitinho, disse que não quer fazer nada de qualquer jeito e que pretende trabalhar mais usando a cabeça e não só o corpo. Nós por aqui esperamos que ela continue usando suas curvas como carro chefe na carreira.

Depois da chuva de perguntas, Aryane e as coelhinhas foram curtir a balada. Elas mereceram…