Quem nunca teve um súbito desejo de transar quando estava passeando de mãos dadas com uma modelo sueca elas ruas de Paris? Ok, pouquíssima gente, mas isso não vem ao caso. O importante é que, no momento em que bate a vontade, qualquer hora é hora e qualquer lugar é lugar. Por isso, pegamos algumas das mais clássicas posições sexuais do mais importante texto sobre sexo, o Kama Sutra, e as adaptamos para locais do seu cotidiano: o escritório, o banheiro e até o carro. O Kama Sutra é um livro hindu, escrito há quase 2 mil anos por Mallanaga Vatsyayana, que aborda desde a conduta apropriada de um cavalheiro até como ele deve escolher suas esposas, além, claro, de dezenas de posições sexuais. Pedimos ao acupunturista e fisioterapeuta Marcio Ernandes, da academia paulistana Training Gym, que analisasse a viabilidade e os riscos de cada uma das posições. Pode ir sem medo e mandar ver no Sutra mesmo que não haja nenhuma cama por perto.


CARRO: A Posição da Égua
Nessa sutil variação da posição original do Kama Sutra, sua parceira também fica deitada para eliminar o problema de bater com a cabeça no teto (na posição “ortodoxa”, ambos estariam com a coluna reta, ele sentado e ela sentada por cima). Verifique se o freio de mão está puxado. Ponha uma música suave para tocar. Recline o banco. E bom divertimento. O único senão é que – as gordinhas que nos desculpem – aqui magreza é fundamental. “O peso da moça pode prejudicar a sua lombar”, garante Ernandes. “Ela também precisa se conter nos beijos. Caso se empolgue demais, desenvolverá um belo torcicolo.”


ESCRITÓRIO: A POSIÇÃO DO CARANGUEJO
Seria roteiro de filme pornô se filme pornô tivesse roteiro. Mas é a fantasia sexual de nove entre dez profissionais que trabalham em escritório (só não é de dez entre dez porque o cara da informática não transa). Adotando essa variação pós-moderna da Posição do Caranguejo (o homem em pé e ela sobre a mesa), você e aquela colega gostosa poderão dar vazão a esse louco desejo simplesmente jogando toda a papelada no chão e abaixando as calças. Fácil e prática, a posição permite também uma retomada de compostura relativamente rápida em caso de chegada do vigia. Tirando a possibilidade de um pinçamento nos nervos da sua coluna, nosso especialista Ernandes garante que a posição é bem segura desde que praticada em uma mesa de bom tamanho.


SAUNA: Reversa
De todas as posições do Kama Sutra, é a que oferece menor contato entre a pele dos amantes, ou seja, ideal para um ambiente quente como a sauna, onde todo mundo já está bem suado. E o encaixe é dos mais simples,
elementar mesmo, for dummies. Quem disse que Kama Sutra tinha de ser uma coisa complicada? A mulher está sujeita a dores nos joelhos, mas nada que tire a graça da coisa. Você pode ter dor de cotovelo, literalmente, por causa do jeito como fica apoiado. É uma posição aparentemente segura, mas a longa permanência na sauna traz risco de hipertensão arterial pela perda de líquido e até desidratação. Por isso, o ideal é que a transa seja uma rapidinha, seguida da ingestão de boa quantidade de líquidos.


PISCINA: União Suspensa
O mais legal aqui é que a água deixa tudo mais leve, inclusive a sua parceira. Bom também para quem curte pegar uma gordinha e fazer média: “Perder peso? Imagina, você está ótima!” Tudo de que você precisa é uma piscina sem ninguém dentro e com água em temperatura amena. Depois, basta apoiar as costas nos ladrilhos, escolher um local nem muito fundo nem muito raso e se divertir a valer. Mas, segundo nosso especialista, aqui a musculatura tem de estar preparada para encarar o desafio. E a moça precisa ter força nos braços para se manter pendurada. “Além disso, mesmo com a ajuda da água, há o perigo de o homem sofrer uma lombalgia, ou seja, dor na lombar”, afirma Ernandes.


ELEVADOR: Felação
Sucesso de público e crítica desde os primórdios da humanidade, o boquete também abordado no mais famoso manual de sexo do mundo. Com muita poesia, o livro sugere, por exemplo, que a moça mexa a língua com “a leveza e a celeridade de uma borboleta”, mas também com pragmatismo. O livro menciona detalhes como: “É de bom-tom avisar quando se está perto do clímax porque nem toda parceira curte um contato direto com seu líquido”. Faz sentido. Ainda mais se vocês estiverem em um elevador! Apenas abaixe o zíper, aperte o botão de emergência e aproveite até alguém começar a bater na porta em outro andar. “De todas as práticas sexuais sugeridas, essa é a mais segura”, garante Ernandes. O único conselho é nosso e para elas: cuidado com os dentes!


PRAIA: A União da Vaca
Amigo, o que é que tem a ver vaca com praia? Nada. Mas recomendamos essa posição para amantes flexíveis e atléticos que não queiram ter areia invadindo suas cavidades íntimas. Vejam como tais orifícios ficam longe do chão! Então! E quem nunca transou falando uns palavrões, não é mesmo? Pois aqui vai um direto de nosso massagista e especialista: isquiotibiais. É isso mesmo: a moça deve tomar muito cuidado com esses músculos, que ficam na região posterior da coxa, pois podem sofrer estiramento caso não seja feito um alongamento prévio. Você também corre o risco de sofrer uma contratura da musculatura paravertebral lombar. Alongamento para prevenção!


BANHEIRO DE AVIÃO: A União Apoiada
Banheiros de avião são ainda menores que os de baladas e restaurantes. Por isso, se você pretende juntar-se
ao clube imaginário de pessoas que já teriam transado a bordo, é melhor que seja baixo e magro. E transe em pé, claro. Para quem atende aos dois pré-requisitos, a posição ideal é esta. Tirar toda a roupa NÃO é uma boa ideia, pois a ausência de um casal pode ser notada por uma comissária de bordo experiente. “E essa posição só é recomendada para quem tem membro comprido”, alerta Ernandes. “A penetração é difícil. Além disso, ambos podem sofrer cãibras nas pernas. É preciso ter bom preparo físico e força muscular nos quadris.”